Catedral de Brasília (1970)

Home / Casos práticos / Catedral de Brasília (1970)

Óscar Niemeyer, arquitecto brasileiro dos anos 30 do séc. XX até aos anos 10 do séc. XXI.

Nasceu no Rio de Janeiro em 15 de Dezembro de 1907 e formou-se na Escola de Belas-Artes da Universidade do Brasil em 1935.

Em mais de 80 anos de carreira, deixou mais 500 projectos arquitectónicos no Brasil, nos EUA, em França, no Líbano, na Itália, na Argélia, em Portugal, no Reino Unido, em Espanha, na Noruega, na Rússia e na Venezuela.

Faleceu em 5 de Dezembro de 2012 com 104 anos de idade.

Óscar Niemeyer, aos seus 35 anos, abandona os ângulos rectos e a arquitectura convencional / comercial. Passou a desenvolver-se a um estilo próprio: a recorrência, a reutilização de soluções próprias ou de outros arquitectos, como por exemplo, Le Corbusier. Este influenciou o Óscar que lhe permitiu progredir a sua capacidade intelectual dos seus trabalhos artísticos. Da exploração das possibilidades construtivas e plásticas do betão armado (concreto armado), surge um dos traços arquitectónicos mais inovadores, criativos, originais e revolucionários no mercado nacional e internacional: a linha curva. Esta transmite a universalidade. Por outras palavras, a curva é o que faz o concreto buscar o infinito.

O seu objectivo era causar espanto ao espectador pela beleza interior e exterior dos edifícios com grandes espaços curvilíneos e da exploração inédita das possibilidades estéticas da linha recta.

Catedral de Brasília (1970)

Catedral de Brasília (1970)

 

Catedral Metropolitana de Nossa Senhora Aparecida, também conhecida como Catedral de Brasília, foi construída entre 1959 e 1970 e projectada pelo Óscar Niemeyer.

O edifício é definido por 16 pilares de concreto em forma de bumerangue, que partem de uma planta circular de 70m de diâmetro, rodeada por um espelho d’água e sobem inclinadamente até tocar uns aos outros. O cálculo estrutural foi feito pelo Joaquim Cardoso. Estes 16 semi-arcos fazem lembrar a posição das mãos unidas e abertas em forma de oração.

Na entrada da catedral encontram-se 4 esculturas de quase 3m de altura e foram feitas pelo escultor italiano Alfredo Ceschiatti. São 4 evangelistas: João, Lucas, Marcos e Mateus que difundiram os ensinamentos de Jesus Cristo.

Ao lado direito do edifício está a torre de Campanário. É uma barra linear apoiada e sustentada por um único ponto central de 4 sinos de diversos tamanhos e ostentada em curvas suaves. Os sinos Santa Maria, Pinta, Nina e Pilarica foram doados pelo Governo Espanhol em homenagem às caravelas de Cristovão Colombo.

Do lado esquerdo, está a cúpula do baptistério que simboliza a hóstia sagrada para os católicos.

Para ter acesso à nave da igreja, é necessário seguir por uma rampa que se segue pelo sub-solo. Depois de percorrer o túnel escuro, o contraste com o interior do edifício transborda a claridade e o colorido dos vitrais da artista franco-brasileira Marianne Peretti. O vitral celestial com as ondas siderais em azul, branco e verde integram à estrutura arquitectónica sobre as colunas curvilíneas brancas para que não haja o sobreaquecimento no interior do edifício.

Os 3 anjos estão suspensos por cabos de aço e disposto em diagonal. Também foram esculpidos pelo Alfredo Ceschiatti.

As paredes têm vibração acústica e os palestrantes dispensam o uso do microfone durante as celebrações religiosas ou nos eventos culturais.

Fontes Bibliográficas:

http://www.archdaily.com.br/br/01-14553/classicos-da-arquitetura-catedral-de-brasilia-oscar-niemeyer#_=_
http://www.nosnomundo.com.br/2012/04/detalhes-e-curiosidades-da-bela-catedral-de-brasilia/
http://radames.manosso.nom.br/arquitetura/templos/catedral-de-brasilia/
http://tolongedecasa.com/2015/11/08/catedral-metropolitana-brasilia-icone-capital/
http://www.penaestrada.blog.br/o-simbolismo-da-catedral-de-brasilia/
http://www.anualdesign.com.br/saopaulo/projetos/1206/catedral-metropolitana-de-brasilia/
http://m.jc.ne10.uol.com.br/canal/cultura/noticia/2016/06/26/brasilia-nas-cores-e-nas-formas-de-marianne-peretti-241675.php
http://biografia.ahistoria.com.br/oscar-niemeyer-resumo-obra-e-vida/
https://arquitetus.wordpress.com/2011/09/22/pequeno-resumo-da-vida-de-oscar-niemeyer/
http://educacao.uol.com.br/biografias/oscar-niemeyer.htm
http://www.au.pini.com.br/arquitetura-urbanismo/165/artigo67584-1.aspx

https://www.youtube.com/watch?v=q4Drzo-tJWk
https://www.youtube.com/watch?v=69InBpt1yeQ
https://www.youtube.com/watch?v=E587_XpqUog
https://www.youtube.com/watch?v=jJAKKcB4IAE
https://www.youtube.com/watch?v=toMCInFDWKo
https://www.youtube.com/watch?v=VPK5YTey6fc
https://www.youtube.com/watch?v=CZblzXHykkc
https://www.youtube.com/watch?v=_8h0CuGLehI
https://www.youtube.com/watch?v=jGmqOKWdoZc
https://www.youtube.com/watch?v=NKj53sWMHnU
https://www.youtube.com/watch?v=mDIInu_HICU