O Celeiro (The Barn) da Paula Rego

Home / Casos práticos / O Celeiro (The Barn) da Paula Rego

Paula Rego, pintora desde os anos 60 do séc. XX.

Paula Rego nasceu em 1935 na cidade de Lisboa.

Foi criada num ambiente tradicional que influenciou o seu imaginário nas suas telas pictóricas.

Nos anos 50 foi viver para a Inglaterra e formou-se na Slade School of Fine Art como pintora.

As suas experiências vividas foram (ainda continuam) passadas entre Londres e Portugal, trabalhando com várias técnicas, tais como: a colagem da Pop Art nas décadas 60 e 70 e a partir dos anos 80 até aos dias actuais, aplica acrílico e pastel nas suas obras.

A pintora é feliz pela vida que leva, mas quando se sente medo, passa a transmiti-lo para a tela e fica aliviada.

Por isso, sente-se incapaz de se exprimir frontalmente, isto é, dizer a verdade todas as letras e daí tem a necessidade de contar as histórias. Estas são passadas para os quadros e tenta combatê-las perante às injustiças existentes na sociedade.

O Celeiro (The Barn) da Paula Rego

 

O Celeiro (The Barn) da Paula Rego

Iremos abordar “The Barn”, traduzido para português, O Celeiro, que foi exposto em 1994.

Quando Paula Rego visitou Chicago em 1993, leu um conto de Joyce Carol Oates intitulado “Haunted: Tales of the Grotesque”.

A história relata a amizade de duas adolescentes rebeldes e com o decorrer do tempo, uma delas arranja um namorado, o que torna a outra ciumenta, e as duas separam-se. A jovem possessiva descobre, no meio do campo, um celeiro deserto e quando está a explorá-lo, aparece uma velha que a espanca bruscamente. Mas esta é um fantasma (espírito agarrado às paixões materiais). Desaparece depois de a ter feito jurar guardar o segredo da situação. O tempo passa e um dia, a outra rapariga é encontrada morta no celeiro. O namorado é preso, mas não encontraram provas incriminatórias.

A sua obra recebeu influências expressionistas e surrealistas, e exposta com grande dimensão na tela de diversas cores contrastadas e vários enquadramentos na sua composição.

Fontes bibliográficas:

Ideias & Imagens, História da Cultura e das Artes 10ºAno, Ana Lídia Pinto e outros, Porto Editora, 2014

http://cadernosdalibania.blogspot.pt/2016/07/paula-rego-minha-vida-sao-historias.html
http://olugardaclio.blogspot.pt/2013/07/caso-pratico-2-o-celeiro-1994-paula.html
https://www.youtube.com/watch?v=cETQSgcN_9k